Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Mulheres obrigadas a participar no Dia da Defesa Nacional a partir de 2010

 

 

Lisboa, 31 Jan (Lusa) - As mulheres vão ser obrigadas a participar no Dia da Defesa Nacional, a partir de 2010, depois de serem feitas "experiências piloto" em 2009, anunciou hoje no Parlamento o secretário de Estado da Defesa.

"É intenção do Governo, indo ao encontro do parecer da comissão parlamentar de Defesa Nacional, estender a obrigatoriedade de participação no dia da Defesa Nacional a todos os cidadãos", afirmou João Mira Gomes.

"Experiências piloto" vão ser feitas "já em 2009" e a "consagração plena do regime" acontecerá no ano seguinte, afirmou o governante no debate sobre a alteração à lei do serviço militar que acaba com a obrigação de recenseamento dos cidadãos com 18 anos, tarefa que competirá aos serviços do Estado, através do programa SIMPLEX.

"Todos os cidadãos" - sejam homens ou mulheres - "estarão em igualdade de circunstâncias em matéria de deveres militares", argumentou ainda.

O Dia da Defesa Nacional é um dever militar, instituído em 1999 na Lei do Serviço Militar, aplicando-se apenas aos homens e só foi posto em prática pela primeira vez em 2004, com o fim do Serviço Militar Obrigatório (SMO), durante o Governo PSD/CDS.

Segundo a lei, o Dia da Defesa Nacional tem por objectivo "sensibilizar os jovens para a temática da defesa nacional e divulgar o papel das Forças Armadas".

A proposta de lei põe fim à obrigatoriedade de os cidadãos fazerem presencialmente o recenseamento no ano em que fazem 18 anos, mas os serviços vão manter uma base de dados com a informação de todos os cidadãos que atinge a idade de início das obrigações militares.

O diploma é votado na sexta-feira e tem o apoio de todas as bancadas.

 

Fiquei parva quando li esta notícia: AS MULHERES VÃO SER OBRIGADAS A FAZER RECENCIAMENTOS PARA IREM PARA A TROPA? MAS O QUE É ISTO??? ESSE DIA ESTÁ PRESTES A ACONTECER, DÊEM MAIS UM TEMPO...Eu sou totalmente contra! Acho que se as mulheres quiserem ir para a tropa que vão, mas as outras que não querem participar nesse dia patético... Eu pessoalmente acho a ideia patética, vai para a tropa quem quer, sejam homens ou mulheres... E eles que não pensem que participando no Dia da Defesa Nacional, que vão fazer com que me ingressar nessa merda. Não faz o meu género. Eu não quero ir para forças armadas nenhumas e só vou lá perder uma manhã e uma tarde a ouvi-los falar blá, blá, blá que não me interessa. Porque é isto agora? Até parece que Portugal está em guerra constante. Mas pronto: por um lado é bom para as pessoas que estejam em dúvida se irão entrar ou não, se decidirem; mas para pessoas como eu, que têm a certeza de que não querem ingressar nessa vida é mais uma tarde perdida.

sinto-me:
música: Rifoneiro - Joana

6 comentários:
De paraquedista a 3 de Fevereiro de 2008 às 19:25
Mas que merda de palhaçada é esta.
Agora que têm o SMO isento, porque car... vem algum atrasado mental dizer que, seja quem for, não só as mulheres, terão que estar presentes numa cerimónia de fachada. Tanto homens como mulheres estão ao abrigo do SMO, isentos, portanto se querem macacadas, mandem aqueles que na altura estejam a cumprir o seu voluntariado militar.
Ou estarei a "ver mal"?. Quando foi ncessário mostrar que deviam ser HOMENS, muitos destes FUGIRAM. Estava a pensar no tempo da guerra colonial. Onde está a guerra para se preocuparem tanto. A isto se deve chamar, PALHAÇADA...
BOM CARNAVAL.


De Ana R. a 31 de Outubro de 2008 às 22:20
não fales sem conhecimento de causa, o dia da defesa nacional é um dever militar, sim, mas sobretudo um dever cívico, e não é tão patético assim, falo por mim que já fui. E, sinceramente, porque não igualar os deveres cívicos dos jovens? Toda a gente tem direito à informação. Ah, e engressar não engressas certamente, agora INGRESSAR é que podes ou não fâzê-lo.


De cheila a 14 de Janeiro de 2009 às 22:19
eu concordo plenamente, as mulheres tem que ter tanto direito como os homens ja que estamos no sec. XXI e fazem bastante questao nisso. em nos impormos perante a sociedade eu tenho 17 anos completo os 18 em agosto e sou claramente a favor de ir a tropa é uma experiencia compensadora. eu irei e faço votos para que todas as jovens mudem de opiniao acerca deste assunto, façam valer o sexo femenino perante os homens.


De Anonimo a 30 de Janeiro de 2009 às 20:21
Barreiro-» Pior dia de sempre a nivel nacional.
30-01-2009

Bem...
Tudo fazia parecer que ia haver merda, quando a camera juntou vale, baixa, verderena, casqilhos e seixal.

Xungalhada e Não Xungalhada conhecia-se toda, só deu merda desde inicio.

Gritavam conosco porque queriam copos arrumados, tiveram que os arrumar
Gritavam conosco porque queriam cigarros nos cinzeiros, os cigarros ficaram no chão
Gritavam conosco porque queriam pessoas bem comportadas, mas a gritar nao se resolve nada.
Gritavam conosco porque alguns haviam fumado ganza e rodado a ganza bem rodada, mas não havia culpados
Gritavam conosco porque nos sentiamos revoltados com tanto gritar e tantas acusações, mas tão vagas.
Gritavam conosco porque eramos do barreiro e eramos uma merda, e faziamos tudo ao contrario.
Gritavam conosco porque falavamos ou simplesmente faziamos certas perguntas, provocadoras, azar.
Gritavam conosco e diziam que nao nos iam dar a cédula porque havia sido o pior dia de sempre, mas nada previa ainda o que se vinha a passar.

Entramos no autocarro, os motoristas tinham autorizaçao para tirar as cédulas caso voltassemos a fazer merda.
2 autocarros po brr, 1 po seixal.
Aparece um boy a dizer para chamarem a bofia que dois bacanos o tinham roubado 10 euros, ya.. apoiamos o gajo.
Espiga paqi e pali, beca beca wiska saqetas, um dos ladroes entra no bus vai a mochila, o roubado entra tambem...
O ladrao vai em direcçao a ele (e eu ao lado a assistir em primeira fila), nos a pensarmos q ia haver merda no bus, bofia lá e tudo, o gajo abre.lhe a mao e diz 'pronto está ai, os 10 euros que te roubei'
O bacano abre a mao, 10 euros em xamon, e nos naqela 'fodasse pagou.lhe em xamon ?'
Vira-se o ex roubado, 'fodasse eu tinha-te dado mais que isto !'

HaHaHa, ganda risalhada no bus, afinal o q o outro lhe havia roubado era ganza e ele ainda qeria um policia, que comedia caralho !!!!!!!!
2 horas com bofia e marinha a revistarem tudo, nem podiamos mijar sozinhos q olhavam para a nossa pila, o roubado ve-se estupido no meio da historia, e diz q o outro é q lhe tentou vender, até q de um momento para o outro, o autocarro do seixal baza e o bacano tava la escondido, fugiu e o outro ficou acusado de vender a toa.
Passado 30min de toda a gente a dizer a bofia isso, lá subimos pa entrada, parámos e entra a geninha no bus.
Discurso: 'meus burros voces (...) são todos uns paneleiros e ótarios (...) caralho não valem nada (...) meninas (...) Foi o pior dia da defesa nacional de sempre (...) Vão de escolta até ao barreiro animais (...) Não façam macaquices nem charfadices seus panilas (...)'

E passadas mais 1 hora lá fomos para o barreiro com escolta policial, e o bacano foi no pópó da monaliza acusado de vender droga e vai passar a noite e mais umas outras na jaula.
Amanha vem nos jornais. Barreirense com muito orgulho.


De Portugal a 5 de Agosto de 2009 às 17:48
Isto é IMORAL de obrigarem as pessoas a comparecer num dado dia, isto é como forçarem-nos a ver publicidade, mas esta, que nós pode inflênciar a vida toda, acho que estes militares deviam ser presos e julgados por traição à pratia, pois esses sim, são os verdadeiros traidores.
Quando às mulheres, acho que se devia a aplicar o mesmo aos homens, pois neste campo, todos temos o direito à liberdade, e não só as mulheres.
Infelizmente, em vez de acabarem com isto dos militares, pois não há mais guerras, e se houverem, é só com bombas, os militiares só nos gastam o nosso dinheiro, e são praticamente ínuteis, mas claro, a ideia deles é voltar ao tempo da ditadura, obrigarem-nos a fazer coisas que não queremos, usando a sua força, e obrigando-nos a respeitar as suas regras IMORAIS.


De Helena a 25 de Janeiro de 2012 às 10:01
Recebi a carta ontem, por acaso até nem me fez impressão, visto que eu sou a favor da igualdade entre cidadãos e sempre ouvi as pessoas do sexo feminino a dizer que queriam igualdade e não sei que e agora têm e não estão satisfeitas , e estou de acordo que agora seja mais fácil as raparigas entrarem na tropa. Isto pode ser uma oportunidade de vida e não devemos estar a criticar o que os militares fazem e não fazem porque cada um escolhe o caminho que quer. se houver oportunidade deixo la o meu nome e força com isso! eheheheheh.


Comentar soneto

.mais sobre esta alma

.pesquisar

 

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30
31


.sonetos recentes

. ...

. Mais um ano se passou!..

. Como superar uma amizade ...

. I'm a misunderstood littl...

. Já que 10-10-10 é dia de ...

. Informações básicas

. Blog encerrado para féria...

. Apontamentos

. Novidadesinhas...

. Excesso de Disciplina - F...

.armário dos sonetos

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2012

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma outra paragem

. NÃO ...

. Penteados em tempo de aul...

. Quem escreveu isto é um g...

. Amor vândalo

. O IDIOTA E A MOEDA

. Respostas Reais

. Historia de Portugal em p...

. Dia do nosso Nascimento

. Conversa entre Ministros

.outros luares

.Campanhas Lunares

lays by verdinha lays by verdinha lays by verdinha

lays by verdinha
lays by verdinha lays by verdinha
blogs SAPO

.subscrever feeds